quarta-feira, março 23, 2005

História da Modus.

Aproveitando, estou postando nossa história com todas as mudanças de formação:

MODUS OPERANDI – UMA BANDA SUBTERRÂNEA.

A MODUS OPERANDI FOI FORMADA ENTRE OS ANOS DE 1995 E 1996,DEPOIS DA FORMAÇÃO COM ALEXANDRE(VIOLÃO),IGOR(PERCUSSÃO METÁLICA) E DAVID(VOZ) E USANDO O NOME DE PERIPLANETA AMERICANA.VEIO A MODUS COM NÚCLEO INICIAL DE:DAVID(BAIXO,VOCAIS),IGOR(PERCUSSÃO METÁLICA,EFEITOS),RUBEM(GUITARRA),EDUARDO(BATERIA).APÓS POUCO TEMPO,ANTES MESMO DAS PRIMEIRAS COMPOSIÇÕES,EDUARDO É SUBSTITUÍDO POR VEIMAR E TAMBÉM OCORRE A ENTRADA DE RODRIGO(GUITARRAS).SEGUE-SE UM INTENSO PERÍODO DE ENSAIOS E PRODUÇÃO DE MÚSICAS NO ESTÚDIO,ÉPOCA DE CLÁSSICOS COMO “INIMIGOS”,”DESTINO” E OUTRAS.NESTE PERÍODO,A BANDA FAZ UM REGISTRO DENOMINADO “CIRCO DOS HORRORES” QUE SERIA LANÇADO COMO DEMO TAPE,MAS DEVIDO A MÁ QUALIDADE DA GRAVAÇÃO,FOI ARQUIVADO.A NÃO ADAPTAÇÃO À BANDA E OS REPETITIVOS E CANSATIVOS ENSAIOS ACABAM POR OCASIONAR A SAÍDA DE VEIMAR E DE RUBEM.DEPOIS DE UMA MINUCIOSA PROCURA POR BATERISTAS, A BANDA ENCONTRA DARK PARA ASSUMIR AS BAQUETAS.O SOM,QUE ANTES ERA CALCADO NO PESO DA MÚSICA INDUSTRIAL PASSA A GANHAR DESTAQUE COM MAIORES INFLUÊNCIAS DE GOTHIC ROCK E PÓS PUNK.O DESTAQUE FICA PELAS GUITARRAS COM SOLOS DESESPERADORES DE RODRIGO,O BAIXO BEM MARCADO DE DAVID,A BATERIA MINIMAL DE DARK E A PERCUSSÃO DE METAIS DANDO UM TOQUE EXPERIMENTAL DE IGOR.
A PARTIR DE 1997 A MODUS ESTRÉIA EM SHOWS,TOCANDO AO LADO DE GRANDES BANDAS COMO:TAEDIUM VITAE,VER SACRUM,TRISMEGISTO,ETC.ALGUNS EVENTOS QUE PARTICIPA SÃO:ARRAIÁ DO ROCK(REALIZADO ATRÁS DO EXTINTO CINE GLÁUBER ROCHA),CAZAJEIRAS ROCK FESTIVAL,I CONGRESSO ESTADUAL DO ROCK,SÁBADO DE SOM-LOJA NA MOSCA;ENTRE OUTROS(A MAIORIA DELES COM O APOIO DE SCOTT,DA BANDA TRISMEGISTO).ESTES SHOWS FAZEM COM QUE A BANDA,EMBORA FOSSE POUCO CONHECIDA PELOS MEIOS MAIS COMERCIAIS DO ROCK BAIANO,SE TORNASSE LENDÁRIA E FALADA POR MUITOS.EM 1998 A BANDA SOFRE MAIS MUDANÇAS COM O AFASTAMENTO DE DARK E A SAÍDA DE RODRIGO.ENTRE OS MOTIVOS DA DESINTEGRAÇÃO,ESTAVAM O VAZIO CRIATIVO QUE A BANDA ENFRENTAVA E PROBLEMAS PARTICULARES DESTES INTEGRANTES.RETORNANDO COM GIL(GUITARRAS),DEVARNIER(EFEITOS SONOROS,VOCAIS) E EDUARDO(O PRIMEIRO BATERISTA,DE VOLTA),A BANDA INCORPORA INFLUÊNCIAS DE SONIC YOUTH,PIXIES E OUTROS;GANHANDO AGILIDADE NAS MÚSICAS E COESÃO NAS COMPOSIÇÕES E ENSAIOS;CONSTRUINDO MÚSICAS COMO “ACIDENTE”,”TRIBAL ACID”(UMA JAM SESSION HIPNÓTICA QUE SE TRANSFORMOU EM MÚSICA) E “VAZIOS DE PALAVRAS E INSTINTOS”.DESTA FEITA,A MODUS TOCA APENAS UMA VEZ AO VIVO,EM BROTAS NUMA NOVA EDIÇÃO DO “ARRAIÁ DO ROCK” AO LADO DA “VER SACRUM” (QUE ENTÃO REALIZAVA SEU ÚLTIMO SHOW).
NO INÍCIO DE 1999, A BANDA NOVAMENTE ACABA DEVIDO AO ENVOLVIMENTO DE GIL E EDUARDO EM OUTROS PROJETOS MUSICAIS.ANTES,ESTA FORMAÇÃO GRAVA O QUE SERIA A PRIMEIRA DEMO TAPE DA MODUS,DENOMINADA “INTRODUÇÃO” E INCUINDO MÚSICAS COMO:”TRIBAL ACID”,VAZIOS DE PALAVRAS E INSTINTOS”,”INIMIGOS” E OUTRAS;ESTE CASSETE FOI APENAS DISTRIBUÍDO ENTRE CONHECIDOS E MEMBROS DE OUTRAS BANDAS,ALCANÇANDO POUCA REPERCUSSÃO.INICIANDO-SE O ANO DE 2000,DAVID COMEÇA A ARTICULAR A VOLTA DA MODUS (AGORA JÁ SEM O ÚLTIMO MEMBRO DA FORMAÇÃO ORIGINAL,IGOR).DESTA FEITA,CONTANDO COM: DAVID NOS TECLADOS ESINTETIZADORES(DEVIDO AO NOVO DIRECIONAMENTO DO TRABALHO PARA O LADO MAIS EXPERIMENTAL E ELETRÔNICO),MARCOS NA PERCUSSÃO METÁLICA,DARK RETORNANDO À BATERIA E ANDRÉ “BLACK BELL” NO BAIXO.ABRINDO MÃO DO USO DE GUITARRAS,UTILIZANDO CONTRABAIXO COM DISTORÇÃO E PESO,AUMENTANDO A SONORIDADE E OS EFEITOS DA PERCUSSÃO METÁLICA E BATERIAS TRIBAIS;A MODUS PARTE PARA A GRAVAÇÃO DE SUA DEMO TAPE,COM PRODUÇÃO DE DENIVAL(EX-FUNCIONÁRIO DA LOJA DE DISCOS ALTERNATIVA “CORINGA”) E RODRIGO(EX-GUITARRISTA DA PRIMEIRA FORMAÇÃO).INTITULADA “RADIO-GRAPHIA”E COM AS SEGUINTES MÚSICAS:GENOCÍDIO,DESCONSTRUÇÃO,PASSOS E ACIDENTE.ESTA FITA FOI VENDIDA NAS PRINCIPAIS LOJAS ALTERNATIVAS DE SALVADOR,A EXEMPLO DA CORINGA E COLÉMERMA.A BANDA TOCA EM VÁRIOS FESTIVAIS(2°ROCK AGOSTO,FESTIVAL DE MÚSICA ALTERNATIVA,ETC.)E CONSEGUE UMA REPERCUSSÃO JAMAIS VISTA PELOS MEMBROS DA BANDA.
NOVAMENTE A MODUS PASSA POR PROBLEMAS DE FORMAÇÃO,COM A SAÍDA DE DARK(SENDO SUBSTITUÍDO POR EDUARDO E POSTERIORMENTE POR DALILA)E DE ANDRÉ.EM 2002 A BANDA RETORNA COM DAVID,MARCOS,ALINE “SMITH” NA BATERIA E FRANCISCO NAS GUITARRAS(DESTA FEITA,NÃO UTILIZANDO CONTRABAIXO),ENSAIANDO COM FREQUÊNCIA E PREPARANDO-SE PARA O LANÇAMENTO DE SEU PRIMEIRO CD-DEMO.MAS PROBLEMAS FAZEM QUE ACONTEçA A SAÍDA DE FRANCISCO E DE ALINE.O QUE CULMINA COM A VOLTA DE UMA DAS SUAS FORMAçÕES CLÁSSICAS:EDUARDO (BATERIA,NOVAMENTE DE VOLTA!),ANDRÉ “BLACK BELL”(CONTRABAIXO) E DAVID E MARCOS.DURANTE ESTE PERIODO, O CASSETE “RADIO-GRAPHIA” E RELANCADO DESTA FEITA EM FORMATO DE CD, FAZENDO COM QUE A BANDA PARTICIPE DE UMA VERDADEIRA MARATONA DE SHOWS (OH SAD DAY, BELA LUGOSI`S FEST II, FESTIVAL DE MUSICA DE TEATRO DO SESI,FESTIVAL DE MUSICA DOS CORREIOS - 1. LUGAR, ETC.). MAS O BATERISTA EDUARDO ANDA MUITO OCUPADO DEVIDO AS SUA PROFISSAO E ESTUDOS, SENDO QUE DESTA VEZ E CONVOCADO TONY PARA O CARGO (QUE JÁ TOCOU EM BANDAS COMO: DEVER DE CLASSE, DIALETICA, ETC.).

Um comentário:

Daniel Quirino disse...

É isso ai, a Modus tem tudo para crescer e um blog é um ótimo instrumento de divulgação para mostrar o trabalho de uma banda. Ponham fotos, anunciem eventos, comentem shows novos e antigos. Quero ser leitor assiduo desse blog e quero informações sempre hehehe.

Abraços