segunda-feira, dezembro 19, 2005

Noite Maldita (show com Modus dia 07/01)



Noite MAldita

com as bandas:

Maldita (RJ) www.bandamaldita.com.br
Modus Operandi
Desrroche

Discotecagem com Dj Deniac (EBM / Industrial)
* Vendas de Acessórios Darks (Stand Sinister)

Dia: 07/01/2006 às 20:00h
Local: Clube de Engenharia (Rua Carlos Gomes ,nº 31 - Centro) - SALVADOR - BA
Ingresso: R$ 8,00 (Antecipado) - R$ 10,00 (na hora)R$ 15,00 (Ingresso + Cd Maldita)

Vendas Antecipadas (a partir do dia 16/12): Smille Stamp, Andarilho Urbano , Rock Store, São Rock e Maniac.

Realização: Raven Produções

Infos: ravenproducoes@yahoo.com.br

sábado, novembro 19, 2005

Modus Operandi no Carcasse!

Atenção!
A Modus Operandi agora também tem seu material de aúdio no maior portal gótico do Brasil: Carcasse. Acessem http://www.carcasse.com/mp3/audio/000592.php e confiram. Deixem sua opinião, como fez Yad Epilef: Raivoso, anti-utópico e estranho. Essas as palavras que eu tenho para definir esta ótima música.

Agradecemos a Cid Vale pela força e por acreditar no nosso trabalho! Obrigado!

segunda-feira, novembro 07, 2005

Novo Espaço na Internet para Divulgação da Modus!

Atenção! Estamos com um novo espaço para divulgação de nosso som, basta acessarem: http://modusweb.palcomp3.cifraclub.terra.com.br/ e encontrarão várias informações sobre a Modus, além de um mural para opiniões diversas.

Entrem e confiram!!

Péssimas Notícias!!

Infelizmente, estamos sem baterista! Fábio Bizarro resolveu se tornar um seguidor de Cristo e decidiu não se envolver mais com Rock!!

Fica aberta a vaga: para aqueles que querem tocar bateria na Modus Operandi e tenham influências dos bateristas do Suicide, Sisters of Mercy, Front 242, etc. entrem em contato conosco!

terça-feira, setembro 20, 2005

Romeu's Garage 5 (Show com Modus neste sábado 24/09)


Romeu's Garage 5

Com as bandas:

Chapéu Negro
Modus Operandi
Ecos e Sussuros
Gallore
Declinium
Aluga-se

Local: Via D, Petromar , Stella Maris
Dia: 24/09 (sábado) às 15 h.
É FREE!

Pontualidade é vital ,para que as bandas terminem o evento no horário ideal.

COMPAREÇAM!

domingo, setembro 11, 2005

Fotolog da Modus Operandi!

Graças a iniciativa de nossa grande colaboradora e amiga Carol Lohak, finalmente temos nosso fotolog onde publicaremos em doses homeopáticas fotos de diversos eventos dos quais participamos ao longo dos anos. O link para acessá-lo é:
Agradecemos mais uma vez a ajuda de Carol e convidamos todos para uma visita e, deixem seus comentários!!

sábado, agosto 13, 2005

Continuando...

André Black Bell informa também, que além das atividades citadas por David, toquei em outras bandas de rock and roll com destaque para a banda SOFISMA cuja música remete ao Stoner Rock, de forma acidental (os caras queriam fazer um som trash melódico. Porém os pirados ouviam os discos "Masters of Reality" , "Black Sabbath", "Volume 4" à exaustão e para a minha alegria, deu no que deu...) além de desenvolver pesquisas musicais e ministrando cursos de História da Música Negra para jovens das periferias de Salvador e para quem tiver interesse, sempre que possível. Nas horas vagas, trabalho com arte eletrônica tendo realizado uma pequena exposição intitulada "Cyber Graffit" no Museu Eugênio Texeira Leal localizado no Pelourinho e apelidado carinhosamente de "Museu da Grana", em abril de 2003.
Já fui!

quarta-feira, agosto 10, 2005

Outras atividades dos membros da Modus Operandi

Você sabia? Os integrantes da Modus também desenvolvem (ou já desenvolveram) outras atividades, estas atividades falam um pouco mais sobre a personalidade e os gostos de cada um. Vamos a elas:
1 - Marcos Sampaio era um admirador da percussão metálica que era tocada anteriormente por Igor, com a saída deste; Marcos imediatamente se candidatou ao posto e está aí até hoje! Paralelo a Modus, nosso percussionista metálico (se é que isso existe!) faz parte de um grupo de teatro dos Correios (onde ele trabalha) que faz até recitais de poesias e performances. Vem daí a explicação para a postura de palco que impressiona a tantos!
2 - André "Black Bell" deve seu sobrenome a uma extinta banda de Gothic Metal que assim se chamava (na época que isso ainda nem era classificado pela mídia e afins) e também é um ativo participantes de causas relacionadas a ONG's, além de já ter tocado contrabaixo em diversas bandas de Rap e Hip Hop (isso que é diversidade musical!!)
3 - Fábio, nosso novo baterista, é um excelente artista plástico! Já expôs inclusive em um evento que a Modus tocou, "Oh, Sad Day!", que foi realizado no Espaço Quixabeira nos Barris e contou com a participação da banda Almas Mortas. Quem tiver interesse em adquirir alguma obra de renomado valor, basta entrar em contato pelo tel. 9164-8370. E ele ainda autografa!
4 - E o vocalista/Digitador de teclado David "Vertigo"? Está participando de um projeto musical com os ex-integrantes da banda Almas Mortas denominado Noise Reduction (o nome foi criado pelo próprio David), também participou de um fime Expressionista elaborado por Cae (amigo da banda e também idealizador de nosso primeiro clip, aguardem!). No filme, David faz o papel de um espírito das trevas que aparece para atormentar um sujeito que mora sozinho (que horripilante!!). E ainda é Dj e produtor no Projeto Darktronic e comentarista do site Reidjou www.reidjou.com
Pois é, os integrantes da Modus também são cultura!!

quarta-feira, julho 20, 2005

III Draconian Rock (em Simões Filho)

É o seguinte:

  • Este evento tem a sua importância pelo fato de ser a estréia de Fábio Bizarro na M.O.
  • Para quem quiser comparecer há um pacote tipo: Ingresso+Transporte (ida e volta)=R$ 8,00. Provavelmente o ônibus que conduzirá todos ao local do evento partirá da Estação Iguatemi.
  • Em caso de dúvidas, entrem em contato com os produtores do show:

3296-3706 (Wellington) 8815-7382 (Zé Cabrunco) ou pelo e-mail publicado no flyer acima.

TODO MUNDO LÁ!

segunda-feira, junho 13, 2005

Não foi um "Reunion"... mas é uma Homenagem!!!

Domingo, 16 de janeiro de 2005: A mais de uma semana sem ensaiar devido a ressaca do reveillon (período em que os integrantes da banda vestem-se de branco dos pés à cabeça durante 15 dias, alimentam-se de salgadinhos "Gula" e refrigerantes "Pitchula", enfrentando uma maratona de audições de discos da Pittí, Otto, Tribalistas, Carlito Marrón, Bosta Quest...ops, e outras "natas" da novíssima MPB neste período. Mais from hell, impossível!) fomos chamados de volta ao trabalho para se apresentar ao lado das bandas Morbidreams, Desrroche e Industria Dolor(País Basco).
Tudo-bem-tudo-zen-meu-bem: uma bela tarde de sol, toda a galera gótica reunida e o som mecânico comendo no centro do Porão Underground. Só que para a Modus houve um problema: o baterista atingiu o nirvana devido ao tal ritual de 15 dias, e justo numa tarde de domingo quando não havia nem uma farmácia para que pudéssemos comprar um pacote de fraldas! Justo na hora do show...
Aí pensamos: "tamos fodidos, não vamos tocar..."
E de repente do meio daquela multidão quem aparece: DARK! Companheiro de banda durante o ano de 2000. O lendário baterista que gravou conosco a fundamental demo RADIO GRAPHIA e considerado por muitos o melhor baterista que já pisou na face da terra desde John Boham! A solução naquele momento...
Convencemos o cara a tocar conosco e o resto da história, quem compareceu já sabe... lembrando que houve também a participação da grande cantora cósmica/lírica/caótica MARIA SPARES!
Conversas à parte, esta é uma homenagem aos grandes DARK, MARIA SPARES, IGOR, KIGO, VALMAR, EDUARDO DEUS, FRANCISCO, DEVARNIER, DALILA, GIL, ALINE SMITH, TONY AMARGURADO, DENIVAL, LUIZA, NOSFERATU, ROGERINHO TATÚ, EDUARDO LALU (armengueiro profissional e roadie da banda), TITO GOTHIC, CARLOS NAVARRO, MAURÍCIO LOPES, EDNILSON SACRAMENTO, KLEIDE KEITH, ROBSON SINISTRO & ALMAS MORTAS, ELIANE BOA MORTE, BETH, ELLEN & ANDRÉ, REINALDO CARTEIRO, aos talentosos ARLESSON, VIRGÍLIO E A TODA A GALERA ARTÍSTICA DOS CORREIOS, WELIDA, HENRIQUE, VINHO, MALDITO, CAROL EPSTEIN, FLÁVIA, MÔNACO, DJ DENIAC, DJ PUNK, IRMÃO CARLOS, aos erês CAIODÊ, PEPÊ, ASSÍDIA, ELVIRA e a todos que na medida do possível contribuíram e/ou contribuem para que as engrenagens da Institução Modus Operandi continuem a girar por muito tempo.
Axé para todos, no mais que sagrado sentido!

quinta-feira, junho 02, 2005

"Cantem conosco, évribári"


GENOCÍDIO
I
Homicídios, computadores
Latrocínio, dívidas e credores
Uxoricídios, discos voadores
Televisão, guerras, amores
Teocentrismo, Antropocentrismo
Deuses, diabos, anjos
(refrão 2x)
Coloquem seus neurônios no seguro
II
Personalidades falsas
Desemprego, fome, suicídio
Alcoolismo, moralismo, decadência
Psiquiatras, crise ideológica
Freud, Edgard Allan Poe
Franz Kafka, Augusto dos Anjos
(refrão)
Ouçam meus neurônios pegando fogo
Coloquem os meus neurônios no seguro
Ouçam meus neurônios pegando fogo
III
Neurônios no seguro
Neurônios pegando fogo
Neurônios no seguro
Genocídio!!!
Onde encontrar a canção: Site Reidjou, Opus Nocturne, Trama Virtual

sexta-feira, maio 27, 2005

Após um show com problemas, o reconhecimento!

No mês de dezembro de 2003, participamos do evento "Rock and Christmas" que foi realizado na Galeria do Rock na Praça da Sé. Infelizmente no nosso show um indivíduo fora de suas faculdades mentais quebrou o contrabaixo do nosso integrante André Black Bell. Não conseguimos terminar nossa apresentação, mas fomos elogiados por ninguém menos que Gothic (Tito) o escalafobético e exdrúxulo tecladista da banda Morbidreams!! Confiram:

À Modus,

Coisas como essas que nos vem a motivar mais e mais a comparecer e prestigiar o som de vcs, vcs nos unem e nos fazem recordar o verdadeiro som "Industrial, Eletro Serial Killer Gothic". Vocês são únicossss....., e estaremos sempre prontos para um evento dark ,

Dark Fair em 2004,
a 1ª Feira dark de Salvador,

não esqueçam disso!

"Modus Operandi é a materialização das desgraças adoráveis."

Jaz _Gothic_ *22.12.2003*

Obrigado pelo elogio, Tito! E desejamos boa sorte também para a Morbidreams!!

Comentários no tempo...

Em Janeiro de 2001, quando já havíamos gravado (ainda em demo-tape) "Radio-Graphia", enviamos este material ao conceituado jornalista Hagamenon Brito, que escreveu este comentário no dia 29 de janeiro e assim descreveu nosso som:

"Olá David. Enfim ouvi a demo neste fim de semana. Acho interessante que tenha alguém fazendo música industrial em Salvador, mas as referências do Modus Operandi são ainda muito dos anos 80, ao meu ver, tipo Einstuerzende Neubauten e Front 242, como vocês colocaram no release, aliás, com ecos de pós-punk (especialmente nos vocais). Que tal mais influências de Trent Reznor (Nine Inch Nails), por exemplo? Bem, é isso aí - força no que vocês fazem e espero vê-los um dia no palco (afinal, palco e visual são fundamentais também no som industrial ou eletrônico). Hagamenon Brito"

Seguimos e não seguimos seus conselhos: seguimos porque mais tarde incorporamos influências de bandas mais modernas (na época) como o próprio Nine Inch Nails ou o Ministry, não seguimos porque os anos 80 e sua sonoridade são muito importantes para o que é feito até hoje, basta ouvir nosso som!

quinta-feira, maio 12, 2005

Modus Operandi no Opus Nocturne

Neste site paulista, de ótimo design, que tem por finalidade a divulgação da cena gótica nacional vocês poderão encontrar qualquer material referente à M. O., com destaque para a canção "Visões", além de ficar por dentro de tudo o que está rolando no país em termos de cultura Dark/Gótica.
É só clicar no título desta mensagem e boa viagem.
Agradecimentos ao Shindo (webmaster e responsável pela página) por ter-nos concedido espaço para publicação do nosso material.

Modus Operandi no Trama Virtual


Eis uma nova fonte para downloads onde vocês podem encontrar músicas da Modus Operandi.
É só clicar no link acima da figura(o título), buscar na categoria "artista" e pronto. Divirtam-se.

Nova Formação (da esq. à dir):

David Vertigo: Voz, Sintetizadores
Marcos Sampaio: Furadeiras, Sucatas e o que cruzar o seu caminho
Drº Bizarro: Bateria
André Black Bell: Contra baixo

Alterações no Time:

Pois é pessoal:
o Tony Amargurado tava tão amargurado que sumiu sem dar quaisquer notícias...
Espero que ele não tenha sofrido nenhum dos males citados pelo M. S. (ver arquivos/Fev. 2005).
E aí você se pergunta: "o que tenho com isso? cadê a p.... da Modus, que só vive dando cano em shows?"
A Modus Operandi não poderia deixar você na mão e tomou as 'pruvidenças cabível' e recrutamos o elemento Fábio, vulgo "Drº. Bizarro" para asssumir as baquetas!!!
Também conhecido por Índio e outras alcunhas escrotas por quem frequenta os shows dos cenários gótico e inddie da cidade, o fato é que esta figura já entrou com o pé direito: tocando todas as músicas da banda, participando da fase de criação de novas composições, dando esporro nos ensaios e tudo... resumindo: gás total com o conhecimento de quem acompanha a Modus Operandi desde a origem! Estas são as características do meliante.
Então, preparem-se: muito barulho haverá de ser ouvido a partir do segundo semestre, quando a M.O. pretende voltar aos palcos!!!
PS: Se por acaso alguém ver o Tony por aí favor informá-lo que ele já foi devidamente substituido e que a M. O. deseja boa sorte em qualquer que seja a sua nova empreitada.

segunda-feira, abril 18, 2005

Registrado e Lavrado em Discos.

Mais ou menos no meado do ano de 2004, a BARBA E CABELO PRODUÇÕES tomou a corajosa iniciativa de compilar registros de bandas realmente digamos... subterrâneas, que sempre surgiram pela Salvador City como vírus. Estas bandas, por incrível que pareça, não fazem parte de quaisquer panelinhas, têm o seu público fiel, a maioria não dependem do além mar do Rio Vermelho, não são amigos da Pittí e não têm lobistas em companhias vagabundas de telefonia celular! E o que é melhor: estão à disposição para tocarem na periferia ou quilombos urbanos, no baba de domigo, no churrasco promovido na casas de vocês, nos seus quartos, nas casas das suas namoradas ou namorados, festas gays, na sua cidade... ou seja, aonde vocês estiverem, solicitarem e resolverem adotá-las.
E ainda por cima, os caras da produção tiveram todo o cuidado de desenvolver o espírito democrático jamais visto por essas bandas do planeta! Na mais que importante coletânea, vocês encontrarão Rock and Roll, Hip-Hop, Samba-Rock, Grunge, Metal, e para representar a cena gótica, dark e industrial obviamente a Modus Operandi marca presença com a premiada "Visões".
O único fato negativo ficou por conta do lapso cometido pela produção em não comunicar às bandas que a Coletânea Boas Novas foi indicada para concorrer à premiação NACIONAL da London Burning na categoria de melhor coletânea e na qual foi vitoriosa! Mas nada que condene o brilhantismo da Barba e Cabelo Produções. Divulgaremos os resultados (um honroso 2º lugar)! Para adquirirem as suas cópias entrem em contato com eles (B&C Produções) ou conosco: ainda temos algumas à disposição. E deliciem-se com o que é produzido nos inúmeros lados de Salvador.
Agora, leiam algumas impressões causadas pela música "Visões" da Modus Operandi para quem ouviu a Coletânea Boas Novas:
Resenha do site MusicBox:
Eis uma banda que foge do padrão 'mainstream' de Salvador (se é que isso existe!). Basta começar pela configuração dos instrumentos. A bateria não usa a caixa, o baixo é distorcido e há uma incógnita: seria uma furadeira imitando uma guitarra, uma guitarra imitando uma furadeira, ou ambos fazendo muito barulho? Não importa. A voz, gritada, contribui para um clima de aflição, como se estivéssemos assistindo a um filme de guerra em preto e branco. Mas a letra fala de outra coisa: sonhos, visões, escuridão. De alguma forma, a influência de Bauhaus aparece: clima sombrio e agonia crescente.
Resenha do Site BahiaRock:
A maioria das bandas tem uma maior preocupação com relação à musicalidade, para só então se preocupar com as letras. A Modus Operandi parece diferente neste sentido, explorando ao máximo seu vocabulário numa mensagem lhana, para só então encaixar uma melodia com sintetizadores a mil. É música para ouvir e refletir.
Para lerem na íntegra os comentários sobre a coletânea, acessem os links contidos ao longo do texto.

segunda-feira, abril 11, 2005

Engrenagens do Tempo...

The Carnival is Over in the Nightmare Zone - 20/03/04*

The Carnival is over in the Nightmare Zone foi um evento destinado a prestigiar a cultura alternativa apresentando trabalhos de artistas plásticos e bandas com um som mais inusitado, como Cigarlicaros e Modus Operandi, num espaço pouco conhecido mas muito bom para shows deste tipo (...)

Pouco antes das 02:00 da madruga entrava uma das bandas mais esperadas: a Modus Operandi. A Modus se caracteriza pelo seu som industrial, misturado com MPB e Gothic Rock, fruto das influências de David Accioly, o mentor da Banda. O público (que poderia ter sido maior num evento como esse) já estava todo à frente do palco e acompanhava a Banda (que está lançando seu 1º CD demo) dançando e cantando junto. As músicas tinham um toque deprê e eram enriquecidas pelo baixo distorcido de André e por efeitos de furadeiras e sons de lata, pelo percussa Marcos, criando uma característica bem urbana nas músicas, cujas melodias no teclado também funcionavam como bases (..)

Resenha Por taboada
*Este show foi realizado no Teatro dos Comerciários e produzido por Rogerinho Tatu. Houveram também apresentações das bandas "Radical Tenders" e "Almas Mortas". Se por acaso você esteve presente neste ou em outros shows que serão publicados aqui, não deixem de contribuir com um breve comentário. Obrigado.

sábado, abril 02, 2005

As impressões que ficam...


"O caos e a poesia tornam-se uma vanguarda musical nas mãos da Modus Operandi, talvez eles proponham uma nova maneira de fazer música pegando um pouco do passado e do presente..."

"Um bom domingo? Difícil, normalmente é um dia chato em Salvador (...) a Modus Operandi mostrou que onde estiver seu público comparece e agradece. Até o clima frio contribuiu para o final de tarde de domingo terminar em clima sombrio e insano como é a banda baiana Modus Operandi ..."

Site Reidjou.

"O que é mais importante para esta descoberta tem haver com um conceito musical bem inusitado para uma região tão carregada de rítmos comerciais. Esqueçam as referências que tenham da Bahia de Todos os Santos até então."
Revista Bioeletric Informe (fevereiro/2005, Recife/PE).

quinta-feira, março 24, 2005

Modus Operandi no ORKUT.

foto do festival de música dos correios no qual a MODUS OPERANDI conquistou o 1º lugar com a música "Visões" no dia 04/11/2004 (por Rogerinho Tatu).
Como não poderia deixar de acontecer, a Modus Operandi foi presenteada com a criação de uma comunidade no orkut, a nova febre que assola a internet. Caso vocês queiram fazer parte entrem em contato por e-mail para receber o convite.
Agradecimentos à Carol Epstein, principal responsável pela criação da comunidade Modus Operandi.

Downloads disponíveis de faixas.


Se por acaso tiverem problemas para acessar os nossos arquivos de música,entrem na seção jukebox do site REIDJOU.

quarta-feira, março 23, 2005

História da Modus.

Aproveitando, estou postando nossa história com todas as mudanças de formação:

MODUS OPERANDI – UMA BANDA SUBTERRÂNEA.

A MODUS OPERANDI FOI FORMADA ENTRE OS ANOS DE 1995 E 1996,DEPOIS DA FORMAÇÃO COM ALEXANDRE(VIOLÃO),IGOR(PERCUSSÃO METÁLICA) E DAVID(VOZ) E USANDO O NOME DE PERIPLANETA AMERICANA.VEIO A MODUS COM NÚCLEO INICIAL DE:DAVID(BAIXO,VOCAIS),IGOR(PERCUSSÃO METÁLICA,EFEITOS),RUBEM(GUITARRA),EDUARDO(BATERIA).APÓS POUCO TEMPO,ANTES MESMO DAS PRIMEIRAS COMPOSIÇÕES,EDUARDO É SUBSTITUÍDO POR VEIMAR E TAMBÉM OCORRE A ENTRADA DE RODRIGO(GUITARRAS).SEGUE-SE UM INTENSO PERÍODO DE ENSAIOS E PRODUÇÃO DE MÚSICAS NO ESTÚDIO,ÉPOCA DE CLÁSSICOS COMO “INIMIGOS”,”DESTINO” E OUTRAS.NESTE PERÍODO,A BANDA FAZ UM REGISTRO DENOMINADO “CIRCO DOS HORRORES” QUE SERIA LANÇADO COMO DEMO TAPE,MAS DEVIDO A MÁ QUALIDADE DA GRAVAÇÃO,FOI ARQUIVADO.A NÃO ADAPTAÇÃO À BANDA E OS REPETITIVOS E CANSATIVOS ENSAIOS ACABAM POR OCASIONAR A SAÍDA DE VEIMAR E DE RUBEM.DEPOIS DE UMA MINUCIOSA PROCURA POR BATERISTAS, A BANDA ENCONTRA DARK PARA ASSUMIR AS BAQUETAS.O SOM,QUE ANTES ERA CALCADO NO PESO DA MÚSICA INDUSTRIAL PASSA A GANHAR DESTAQUE COM MAIORES INFLUÊNCIAS DE GOTHIC ROCK E PÓS PUNK.O DESTAQUE FICA PELAS GUITARRAS COM SOLOS DESESPERADORES DE RODRIGO,O BAIXO BEM MARCADO DE DAVID,A BATERIA MINIMAL DE DARK E A PERCUSSÃO DE METAIS DANDO UM TOQUE EXPERIMENTAL DE IGOR.
A PARTIR DE 1997 A MODUS ESTRÉIA EM SHOWS,TOCANDO AO LADO DE GRANDES BANDAS COMO:TAEDIUM VITAE,VER SACRUM,TRISMEGISTO,ETC.ALGUNS EVENTOS QUE PARTICIPA SÃO:ARRAIÁ DO ROCK(REALIZADO ATRÁS DO EXTINTO CINE GLÁUBER ROCHA),CAZAJEIRAS ROCK FESTIVAL,I CONGRESSO ESTADUAL DO ROCK,SÁBADO DE SOM-LOJA NA MOSCA;ENTRE OUTROS(A MAIORIA DELES COM O APOIO DE SCOTT,DA BANDA TRISMEGISTO).ESTES SHOWS FAZEM COM QUE A BANDA,EMBORA FOSSE POUCO CONHECIDA PELOS MEIOS MAIS COMERCIAIS DO ROCK BAIANO,SE TORNASSE LENDÁRIA E FALADA POR MUITOS.EM 1998 A BANDA SOFRE MAIS MUDANÇAS COM O AFASTAMENTO DE DARK E A SAÍDA DE RODRIGO.ENTRE OS MOTIVOS DA DESINTEGRAÇÃO,ESTAVAM O VAZIO CRIATIVO QUE A BANDA ENFRENTAVA E PROBLEMAS PARTICULARES DESTES INTEGRANTES.RETORNANDO COM GIL(GUITARRAS),DEVARNIER(EFEITOS SONOROS,VOCAIS) E EDUARDO(O PRIMEIRO BATERISTA,DE VOLTA),A BANDA INCORPORA INFLUÊNCIAS DE SONIC YOUTH,PIXIES E OUTROS;GANHANDO AGILIDADE NAS MÚSICAS E COESÃO NAS COMPOSIÇÕES E ENSAIOS;CONSTRUINDO MÚSICAS COMO “ACIDENTE”,”TRIBAL ACID”(UMA JAM SESSION HIPNÓTICA QUE SE TRANSFORMOU EM MÚSICA) E “VAZIOS DE PALAVRAS E INSTINTOS”.DESTA FEITA,A MODUS TOCA APENAS UMA VEZ AO VIVO,EM BROTAS NUMA NOVA EDIÇÃO DO “ARRAIÁ DO ROCK” AO LADO DA “VER SACRUM” (QUE ENTÃO REALIZAVA SEU ÚLTIMO SHOW).
NO INÍCIO DE 1999, A BANDA NOVAMENTE ACABA DEVIDO AO ENVOLVIMENTO DE GIL E EDUARDO EM OUTROS PROJETOS MUSICAIS.ANTES,ESTA FORMAÇÃO GRAVA O QUE SERIA A PRIMEIRA DEMO TAPE DA MODUS,DENOMINADA “INTRODUÇÃO” E INCUINDO MÚSICAS COMO:”TRIBAL ACID”,VAZIOS DE PALAVRAS E INSTINTOS”,”INIMIGOS” E OUTRAS;ESTE CASSETE FOI APENAS DISTRIBUÍDO ENTRE CONHECIDOS E MEMBROS DE OUTRAS BANDAS,ALCANÇANDO POUCA REPERCUSSÃO.INICIANDO-SE O ANO DE 2000,DAVID COMEÇA A ARTICULAR A VOLTA DA MODUS (AGORA JÁ SEM O ÚLTIMO MEMBRO DA FORMAÇÃO ORIGINAL,IGOR).DESTA FEITA,CONTANDO COM: DAVID NOS TECLADOS ESINTETIZADORES(DEVIDO AO NOVO DIRECIONAMENTO DO TRABALHO PARA O LADO MAIS EXPERIMENTAL E ELETRÔNICO),MARCOS NA PERCUSSÃO METÁLICA,DARK RETORNANDO À BATERIA E ANDRÉ “BLACK BELL” NO BAIXO.ABRINDO MÃO DO USO DE GUITARRAS,UTILIZANDO CONTRABAIXO COM DISTORÇÃO E PESO,AUMENTANDO A SONORIDADE E OS EFEITOS DA PERCUSSÃO METÁLICA E BATERIAS TRIBAIS;A MODUS PARTE PARA A GRAVAÇÃO DE SUA DEMO TAPE,COM PRODUÇÃO DE DENIVAL(EX-FUNCIONÁRIO DA LOJA DE DISCOS ALTERNATIVA “CORINGA”) E RODRIGO(EX-GUITARRISTA DA PRIMEIRA FORMAÇÃO).INTITULADA “RADIO-GRAPHIA”E COM AS SEGUINTES MÚSICAS:GENOCÍDIO,DESCONSTRUÇÃO,PASSOS E ACIDENTE.ESTA FITA FOI VENDIDA NAS PRINCIPAIS LOJAS ALTERNATIVAS DE SALVADOR,A EXEMPLO DA CORINGA E COLÉMERMA.A BANDA TOCA EM VÁRIOS FESTIVAIS(2°ROCK AGOSTO,FESTIVAL DE MÚSICA ALTERNATIVA,ETC.)E CONSEGUE UMA REPERCUSSÃO JAMAIS VISTA PELOS MEMBROS DA BANDA.
NOVAMENTE A MODUS PASSA POR PROBLEMAS DE FORMAÇÃO,COM A SAÍDA DE DARK(SENDO SUBSTITUÍDO POR EDUARDO E POSTERIORMENTE POR DALILA)E DE ANDRÉ.EM 2002 A BANDA RETORNA COM DAVID,MARCOS,ALINE “SMITH” NA BATERIA E FRANCISCO NAS GUITARRAS(DESTA FEITA,NÃO UTILIZANDO CONTRABAIXO),ENSAIANDO COM FREQUÊNCIA E PREPARANDO-SE PARA O LANÇAMENTO DE SEU PRIMEIRO CD-DEMO.MAS PROBLEMAS FAZEM QUE ACONTEçA A SAÍDA DE FRANCISCO E DE ALINE.O QUE CULMINA COM A VOLTA DE UMA DAS SUAS FORMAçÕES CLÁSSICAS:EDUARDO (BATERIA,NOVAMENTE DE VOLTA!),ANDRÉ “BLACK BELL”(CONTRABAIXO) E DAVID E MARCOS.DURANTE ESTE PERIODO, O CASSETE “RADIO-GRAPHIA” E RELANCADO DESTA FEITA EM FORMATO DE CD, FAZENDO COM QUE A BANDA PARTICIPE DE UMA VERDADEIRA MARATONA DE SHOWS (OH SAD DAY, BELA LUGOSI`S FEST II, FESTIVAL DE MUSICA DE TEATRO DO SESI,FESTIVAL DE MUSICA DOS CORREIOS - 1. LUGAR, ETC.). MAS O BATERISTA EDUARDO ANDA MUITO OCUPADO DEVIDO AS SUA PROFISSAO E ESTUDOS, SENDO QUE DESTA VEZ E CONVOCADO TONY PARA O CARGO (QUE JÁ TOCOU EM BANDAS COMO: DEVER DE CLASSE, DIALETICA, ETC.).

domingo, março 20, 2005

Blog Modus!!!

Ahe Black Bell!!! Que bom que voce fez o nosso blog!! Agora vou divulgar ao maximo ele, e desculpa pela demora em entrar, ate logo!!

sexta-feira, fevereiro 25, 2005

Faixas disponíveis p/ download!!!


Ouçam duas faixas da demo RADIO GRAPHIA (2000), e conheçam de fato

a MODUS OPERANDI.

Genocídio ouvir baixar Acid Ent ouvir baixar

Agradecimentos especiais à Taboada e a toda a equipe do REIDJOU pela hospedagem

destas faixas e as de inúmeras bandas de Salvador.

Release

Formação: Posted by Hello

DESCONSTRUIR DE FORMA ARTESANAL.
DIFÍCIL?
NEM TANTO!
ENQUANTO DE UM LADO,O VIRTUOSISMO DITA O SOM,AQUI O CAOS É TÃO LÍRICO COMO UMA BOMBA. LETRAS SÃO VOZES DESENCONTRADAS,PORTADORAS DE IDÉIAS DESCONEXAS E ENSANDEICIDAS.
INSANO?
NEM TANTO!
DESNUDAR-SE DE TODO PRECONCEITO E TORNAR TODA A MENSAGEM TÃO ASSUSTADORA QUANTO O PRÓPRIO REFLEXO.
TENSO?
NEM TANTO!
O ANO É 1998,A COMBINAçÃO GUITARRA-BAIXO-BATERIA CAUSA POUCA/NENHUMA INFLUÊNCIA.INSTRUMENTOS CONVENCIONAIS COMBINADOS DE FORMA INUSITADA.HOJE AQUI JAZ A GUITARRA QUE DEU LUGAR A FURADEIRA “SERIAL KILLER”,BATERIA DESGOVERNADA,TECLADO EM PARADA RESPIRATÓRIA,BAIXO CATACLÍSMICO,VOZ... QUE VOZ??
MODUS OPERANDI É A MATERIALIZAçÃO DAS DESGRAÇAS ADORÁVEIS.
CONFUSO?
CONHEÇA!
Ano: 1998
Origem: Salvador-Ba
Formação:
TONY AMARGURADO- BATERIA
MARCOS SAMPAIO – FURADEIRA,PERCUSSÃO METÁLICA
ANDRÉ “BLACK BELL” – CONTRABAIXO
DAVI VERTIGO – SINTETIZADORES,VOZ

NASCEU!!!!


Em breve, informações sobre a maior banda formada por dementes esquizofrênicos já vista no planeta!

O MINISTÉRIO DA SAÚDE ADVERTE:
A mínima exposição a uma audição desta banda certamente irá causar:
  • desvios psicóticos;
  • desilusões paranóicas;
  • obsessões pornográficas;
  • desvios de conduta e outros quid pro quos.