terça-feira, novembro 10, 2009

Quanto vale sua música ????


Faz um bom tempo que não postamos neste blog....Mas, observem a foto acima...

Encontrei esta máquina (que funciona da mesma maneira que as máquinas de lanche ou de refrigerantes, você paga e escolhe o produto que vai levar) num shopping aqui de Salvador. ela pertence a uma entidade chamada Eletrocooperativa Observem os valores todos discriminados, com todos os custos! Vendo esta máquina fica fácil entender porque as gravadoras estão em crise! Afinal, quem ainda concorda em pagar R$ 30,00 ou mais num CD, já que o custo total (incluindo o lucro) é MUITO menor?

Foi por isso que houve a popularização do mp3 e dos sites de download! Logo que o CD surgiu, era uma novidade, e consequentemente seu custo de produção era alto. Com o passar dos anos e a produção em larga escala, estes valores foram diminuindo, só que as gravadoras não mudaram seus pontos de vista e aconteceu o que era esperado: queda em parafuso nas vendas!

Muitos irão dizer: "Ah, mas o valor elevado é de direitos autorais!". Ora, veja que a grande maioria dos artistas da atualidade (como o Nine Inch Nails), abandonaram as gravadoras JUSTAMENTE por não receber esta gorda fatia dos "direitos"!

A verdade é que os músicos hoje em dia também tem de apostar em novos formatos, já que o CD, além de caro, se tornou obsoleto. Nem mesmo o vinil passou por isso, já que em muitos países, edições de luxo de CDs no formato vinil são disputadas (veja o acabamento gráfico num CD e o redimensionamento num albúm de vinil para sentir a diferença). O Radiohead, fez algo interessante algum tempo atrás: lançou seus primeiros discos todos num pendrive personalizado (incluindo a arte gráfica). E nós da Modus não ficamos atrás: lançamos nosso último CD, "h...estereo..." num CD cartão (do tamanho e formato de um cartão de crédito) com as músicas em mp3! Tivemos uma excelente resposta com relação a este produto (que por sinal está esgotado), mas já no CD de aúdio tradicional....Ou o CD é vendido a preço justo ( como na máquina acima) ou encalha! Ou a música deve ser lançada em outros formatos...

Portanto fica a questão: o que mais pode ser feito para que a música de uma artista seja comercializada e viabilizada de forma popular ??

Eu aposto na máquina da Eletrocooperativa!!!

3 comentários:

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Julio Cesar disse...

olá gostaria de ser parceiro e poder divulgar seu blog no meu e vice versa, visite-me
http://newzerogod.blogspot.com/
ou me mande um email !

Ludmila Guimarães disse...

David!!! Olha postei fotos e algo sobre a MODUS OPERANDI aqui: http://www.sneakersbr.com.br/blogs/ludmilaguimaraes